Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Grupo técnico mantém alerta sobre a bacia do Rio Gravataí

Publicação:

Pessoas em volta de uma mesa, duas delas vestem coletes laranjas, tem um tv  ao fundo com mapas e  estão olhando para uma outra pessoa falar.
Grupo técnico mantém alerta sobre a bacia do Rio Gravataí - Foto: Divulgação/Defesa Civil - Gabriela Figueiredo
Por Gabriela Figueiredo

A Defesa Civil, nesta segunda-feira (17), realizou a quarta reunião técnica com os representantes da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e a Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler  (Fepam), para avaliar a situação hidrológica da bacia do Rio Gravataí, que abastece a região Metropolitana do Rio Grande do Sul.

O encontro, faz parte das ações de mitigação e resposta que foram adotadas pelos órgãos a partir da portaria da Sema que estabelece a suspensão da captação de água que não fosse para consumo da população. Está suspensa a captação de água para áreas agrícolas abastecidas pelo rio entre Gravataí e Alvorada.

Conforme os prognósticos se mantêm o estado de atenção e o sinal de alerta sobre o rio em relação a captação de água. Os órgãos envolvidos estão fiscalizando também a utilização de água por parte das indústrias locais, e assim mantendo o controle do uso excessivo.

As instituições seguem dando suporte técnico as ações já realizadas, devido a pouca regularidade de chuva. A previsão é que a chuva desta semana mantenha estável o nível da bacia do Rio Gravataí.

Uma nova reunião do grupo está prevista para quinta-feira (20), quando será analisado os impactos das chuvas e os resultados a longo prazo. De acordo com os meteorologistas da Sala de Situação a regularidade de chuvas no Estado deve ser estabelecida somente a partir da segunda quinzena de março.

Os órgãos ressaltam que segue a orientação à população sobre o uso racional da água, tomando cuidados básicos que vão desde evitar a lavagem de veículos e calçadas até cuidados simples, como não deixar torneiras abertas.

 

Defesa Civil do Rio Grande do Sul