Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Níveis de rios nas principais bacias estão estáveis ou começam a baixar no Estado

Publicação:

Rio Ibirapuitã, em Alegrete, apresenta declínio depois de nível elevado ter desalojado famílias
Rio Ibirapuitã, em Alegrete, apresenta declínio depois de nível elevado ter desalojado famílias - Foto: Divulgação/Defesa Civil
Por Secretaria de Comunicação/SECOM

Conforme a Sala de Situação da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), não foram registrados volumes significativos de chuva nas bacias gaúchas da manhã da terça-feira (30/7) até a manhã desta quarta (31/7).

Os principais rios já se encontram estáveis ou em declínio em todos os pontos monitorados. O rio Ibirapuitã deve sair da cota de inundação em Alegrete ao longo desta quarta (31/7) e seguir em declínio significativo ao longo do dia.

A Sala da Situação alerta que na quinta-feira (1°/8) a chuva pode voltar na metade sul, elevando os níveis principalmente nas bacias da fronteira com o Uruguai.

Veja o resumo da situação conforme boletim da Defesa Civil das 11h desta quarta (31/7):

Santa Cruz do Sul: o rio Pardinho apresentou rápido declínio, contudo a onda de cheia se deslocou para o rio Pardo e Jacuí. No bairro Margarida, um deslizamento de terras em uma encosta danificou duas residências. Não há feridos e as duas famílias foram retiradas do local pela prefeitura. Total de oito pessoas desalojadas. A Defesa Civil do Estado esteve na área e monitora a situação.

Estância Velha: deslizamento de terra em uma obra danificou três residências. Não há feridos e as três famílias que tiveram que ser removidas foram encaminhadas para casa de parentes. Total de 12 pessoas desalojadas.

Cachoeira do Sul: rio Jacuí, que está 3,75 m acima do nível normal, segue baixando. A Defesa Civil do Estado mantém uma equipe mobilizada monitorando a situação. Há uma família desabrigada e uma desalojada. Total de cinco pessoas desabrigadas e duas desalojadas.

Dom Pedrito: seis famílias desalojadas e uma desabrigada. Total de 30 pessoas desalojadas e quatro desabrigadas. As famílias iniciam hoje o retorno para suas casas.

Rosário do Sul: famílias já retornaram para suas casas.

Alegrete: o rio Ibirapuitã encontra-se com 8,56m. São 13 famílias afetadas: 11 desalojadas e três desabrigadas. Total de 42 pessoas desalojadas e oito desabrigadas. As famílias começam nesta quarta (31/7) o retorno para suas casas.

Resumo do Estado

Rios em alerta: Ibicuí, Camaquã, Baixo Jacuí e Gravataí

Rios em atenção: Santa Maria, Mirim-São Gonçalo,Vacacaí-Vacacaí Mirim e Guaíba

Apesar da água baixando, Alegrete ainda tem nível em cota de inundação e Manoel Viana, em atenção
Apesar da água baixando, Alegrete ainda tem nível em cota de inundação e Manoel Viana, em atenção - Foto: Divulgação/Defesa Civil

Pessoas desalojadas: 94
Pessoas desabrigadas: 17

Defesa Civil do Rio Grande do Sul